sábado, 31 de março de 2012

Believe...

Os 13 Porquês

"Você não pode interrmper o futuro, nem modficar o passado. O único jeito de descobrir este segredo é apertando ply."

domingo, 25 de março de 2012

“Por muitas vezes eu penso ‘Oh Senhor, por que isso? ’ Por muitas vezes eu penso que não tem jeito… Cedo ou tarde na vida, as coisas que você ama, você perde.”

Florence And The Machine


quinta-feira, 22 de março de 2012

"Estou escrevendo essa carta para dizer que desde o dia em que recebi sua ligação não parei de pensar em você, nas palavras que você disse e na possibilidade de nós dois juntos novamente. De certa forma eu estava levando minha vida sem você, não era agradável... Mas posso ver que se realmente acontecer, meus dias voltarão a ser completos e essa coisa que, todo dia eu sinto que está faltando irá desaparecer. Hoje quando nos encontramos meio que por acaso, foi o melhor momento da minha semana. Poder olhar pra você, te tocar mesmo que por um segundo e estarmos sobre o luar... Eu me senti muito bem ao seu lado, e fiquei com cara de boba o resto do dia, sorrindo à toa, e pensando em você.
Eu só queria saber o que vai acontecer de agora em diante, mas desde que estejamos felizes, está tudo bem. Apenas me diga, o que vai acontecer? O que você tem pra me dizer? É pra valer? Essa é a hora em que falaremos sobre o assunto ou deixaremos acontecer?"






@Pri_S2

quarta-feira, 21 de março de 2012

Quando ela chegou junto a ele, ele logo a abraçou. Um abraço um tanto diferente dos quais ela já recebeu, parecia um abraço de despedida, mas também de muita saudade, ou um simples abraço com o intuito de dizer "eu te amo”. Depois desse abraço eles seguiram para a festa.
Tudo lá estava muito legal: comeram, beberam e dançaram até o dia amanhecer.
Enquanto voltavam ele quis ir até a casa dela, pois nunca tinha ido até lá. No começo ela hesitou um pouco, pois não queria que ele soubesse de suas condições. Mas acabou cedendo, afinal, já estavam juntos há tanto tempo e ela sempre arrumava um jeito dele não ir à sua casa.
Ele se surpreendeu quando viu onde ela morava, e falou que iria pra casa e depois voltaria até lá.
Quando ele voltou, ele estava com um sorriso no rosto, chegou até ela, ajoelhou-se e pediu-a em casamento, prometendo-lhe acabar com essa situação. Ela aceitou e eles se casaram.
Dias após o casamento, ela viu que estava vivendo em uma situação muito boa, excelente, afinal, ele era muito rico. Resolveu livrar-se do marido para ficar com tudo. Enquanto o marido dormia, ela cravou uma faca em seu peito, limpou as impressões digitais e colocou as impressões da empregada, assim, a culpa do assassinato ficaria na empregada. Ela conseguiu ficar com toda a fortuna. No dia seguinte era seu aniversário e ela deu uma festa para comemorar; enquanto tomava um drinque caríssimo com uma cereja importada dentro, ela engasgou-se com a cereja e acabou morrendo em plena comemoração de seu aniversário e do "plano perfeito". A empregada provou sua inocência, pois tinha uma câmera escondida no quarto do casal, que registrou o crime.

@Pri_S2

terça-feira, 20 de março de 2012

"Desde que ele fora embora, eu ouço versos que me falam sobre amores arruinados, o coração já não bate, esquecera completamente o tal do Tum-tum-tum. Será que o coração bate assim? Há algum tempo que não sei como ele reage, porque os dias estão vazios. Sabe toda aquela ideologia de que é possível viver sozinho? Pois é. Acreditava nisso piamente porque ele estava ao meu lado, agora que se foi tudo é cinza. E eu chorei um oceano inteiro essa noite. Eu precisava esvaziar". — Caio Fernando De Abreu

segunda-feira, 19 de março de 2012

Mulheres são como maçãs em árvores. As melhores estão no topo. Os homens não querem alcançar essas boas, porque eles têm medo de cair e se machucar. Preferem pegar as maçãs podres que ficam no chão, que não são boas como as do topo, mas são fáceis de conseguir. Assim as maçãs no topo pensam que algo está errado com elas, quando na verdade, eles estão errados... “Elas têm que esperar um pouco para o homem certo chegar, aquele que é valente o bastante para escalar até o topo da árvore."

sábado, 17 de março de 2012

É incrível como as pessoas criam estereótipos. Dividem as coisas em "de meninas" e "de meninos". Servir exército é "coisa de menino". Hotelaria é "coisa de menina". Brincar de carrinho é "coisa de menino", Barbie é "coisa de menina". Peraí, então se o irmãozinho está brincando com a irmãzinha de Barbie ele é gay? Desde quando? Quem determinou isso? Agora você julgar uma pessoa se ela é menino, menina, gay ou outra coisa pelos seus gostos é muito preconceito. Não é porque um menino escuta Selena Gomez, Miley Cyrus ou Britney Spears que ele é gay, e não é porque uma menina anda de skate, escuta Slipknot, Metallica e AC/DC que ela é "meio menino". Só porque uma garota gosta de boxe/futebol ela é "macho"? Só porque um menino gosta de balé ele é gay?
As pessoas também dividem as coisas em: se eu gosto é bom, se eu não gosto é ruim. Desde quando? Acorda! Nem todo mundo gosta e tem que gostar do que você gosta! Respeito é bom! Agora sair falando mal, ter briguinhas idiotas entre pessoas, amigos, fãs e outros que defendem isso e defendem aquilo é demais. Precisamos de mais amor, mais respeito e menos guerra!

@Pri_S2

quarta-feira, 7 de março de 2012

Se não amássemos tanto assim..

Um olhar pode conceder, o outro cegar.
Um gesto pode acolher, o outro matar.
Uma palavra pode aprovar, a outra, mortificar.
De um ou outro modo, cada ato é uma força que cria e destrói, porém, a vida nos faz aprender...
Tudo vai e volta na medida de cada ação.
Assim, a verdadeira escolha é aquela que o amor decide.