segunda-feira, 23 de abril de 2012

medo de ser feliz


Eu tinha medo de ser feliz. Muito medo, aliás. Talvez por não saber qual era o preço da felicidade, por não conhecê-la em sua plenitude. Se bem que acho que isso é normal, o ser humano tem medo daquilo que não conhece. Medo de dar a cara à tapas e acabar levando socos. Mas a gente acaba descobrindo com o tempo que a vida é assim mesmo, que nem tudo é de graça, nem mesmo a felicidade. Como numa lavoura, assim é a vida: não tem como colher o que não foi plantado.


....

Nenhum comentário:

Postar um comentário