sábado, 18 de agosto de 2012

Viva como as flores


Viva como as flores: elas nascem no esterco, entretanto são puras e perfumadas. Extraem do adubo o que lhes são úteis e saudáveis, mas não permitem que o azedume da terra manche o frescor de suas pétalas.
É justo angustiar-se com as próprias culpas, mas não é sábio permitir que os vícios dos outros o importunem. Os defeitos deles, são deles e não seus.Exercite a virtude de rejeitar todo o mal que vem de fora. Isso é viver como as flores!

Nenhum comentário:

Postar um comentário