sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Sétima série


Se estivéssemos na sétima série, provavelmente eu iria te falar que gostava de você, eu iria arriscar, ver se teria uma chance com você. Se a resposta fosse "sim", eu ficaria muito feliz e com friozinho no estômago, imaginando como seria o nosso primeiro beijo. Se a resposta fosse "não", eu choraria bastante (em casa, jamais na sua frente), acharia que tudo estava perdido, faria o que você quisesse para gostar de mim. Até perceber que não valeria a pena e deixaria para lá.
Mas nós não estamos na sétima série, e eu não estou disposta a arriscar tudo, arriscar a nossa amizade que é tão valiosa e todos os nossos momentos. Seria um martírio se eu abrisse o meu coração e tudo desse errado. Mas, talvez, seria perfeito se tudo desse certo. Mas eu não ando otimista para relacionamentos, e se um dia nós terminássemos, provavelmente eu me arrependeria de ter arriscado a nossa amizade, principalmente se não fossemos mais amigos após o fim do relacionamento.
Com o tempo a gente começa a ficar mais cauteloso...

Nenhum comentário:

Postar um comentário