quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013


"Lembrar que eu estarei morto em breve é a ferramenta mais importante que eu encontrei para me ajudar a fazer grandes escolhas na vida. Por que quase tudo - todas as expectativas externas, todo o orgulho, todo o medo de se envergonhar ou de errar - isto tudo cai diante da face da morte, restando apenas o que realmente é importante. Lembrar que você vai morrer é a melhor maneira para eu saber evitar em pensar que tenho algo a perder. Você já está nu. Não há razão para não seguir o seu coração."

(Steve Jobs)

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Às vezes tudo está "um saco", tudo uma droga, um silêncio chato, um tédio. E nós acabamos com isso!
 Vou sentir falta, (estou sentindo falta) sentirei falta de tudo!
 Dos encontros, dos passeios, do cinema juntas, do silêncio, dos trabalhos, das apresentações, dos sorrisos, das gargalhadas, dos abraços, das lágrimas, dos boliches, dos atrasos, das coisas que ainda não fizemos, as promessas não cumpridas (cápsula do tempo, pão de cebola...kkk). Quando nos reunimos para fazer trabalhos, para fazer bagunça, ensaiar ou não fazer nada.
De tudo o que trocamos, os carinhos, os abraços, as dúvidas, os conselhos, os segredos, os tapas, os intervalos juntas...
De tudo o que compartilhamos. Todas as músicas, as cartas, as mensagens, os e-mails, as danças, os shows, até as briguinhas. Porque apesar de tudo nós sempre estivemos dispostas para ajudar umas as outras no que fosse preciso. Juntas, nós acrescentamos felicidade na vida de cada uma de nós. Agradeço à tudo o que vocês já fizeram por mim. E eu amo cada uma de vocês! <3

sábado, 23 de fevereiro de 2013

Ser um lago


O velho mestre pediu a um jovem triste que colocasse uma mão cheia de sal em um copo de água e bebesse.

- Qual é o gosto? - perguntou o Mestre.
- Ruim - disse o aprendiz.

O mestre sorriu e pediu ao jovem que pegasse outra mão cheia de sal e levasse a um lago. Os dois caminharam em silêncio e o jovem jogou o sal no lago.

Então o velho disse:
- Beba um pouco dessa água.

Enquanto a água escorria do queixo do jovem o mestre perguntou:
- Qual é o gosto?
- Bom. disse o rapaz.
- Você sente o gosto do sal? perguntou o Mestre.
- Não - disse o jovem.

O mestre então sentou ao lado do jovem, pegou em suas mãos e disse:
- A dor na vida de uma pessoa não muda. Mas o sabor da dor depende de onde a colocamos. Quando você sentir dor, a única coisa que você deve fazer é aumentar o sentido de tudo o que está a sua volta. É dar mais valor ao que você tem do que ao que você perdeu. Em outras palavras: É deixar de ser copo, para tornar-se um lago.


(Autor desconhecido)

E a escolha é sua...

"A felicidade é muito mais uma escolha do que uma circunstância"

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013





"Você pode esconder muitas coisas atrás de um sorriso, mas nunca atrás de um olhar."

Ao seu lado