terça-feira, 22 de novembro de 2016

Eu não quero mais molhar meu travesseiro todas as noites
Com lágrimas de saudade
Eu não quero mais sentir sua falta
Sentir falta de tudo o que a gente fazia e que parei de fazer

Eu queria saber de você, se seus dias estão normais 
Se você não pensa em mim, se você não sente minha falta
Se você ainda escuta nossa música 
Se abriu os garfos que comprei
Se usou a caneca que te dei

Queria saber se tem um pedaço de mim por aí ainda,
Porque o vazio está aqui

Mas sinto que a resposta é não para todas essas perguntas e
Prefiro ficar na incerteza do que confirmar essa dor
Prefiro deixar tudo distante
Prefiro continuar te deixando ir

Nenhum comentário:

Postar um comentário